Fotografia Mais: Melhores Softwares e Aplicativos Para Editar Foto como Profissional

Fotografar é uma arte que perdura desde o século XIX, quando em 1826 Joseph Nicephore Niépce conseguiu gravar – de maneira permanente – em uma placa de estanho coberta com um derivado de petróleo fotossensível uma imagem utilizando apenas a luz solar.

Desde então, quase dois séculos depois, qualquer cidadão do mundo consegue fotografar os momentos de seu dia-a-dia.

Se no passado a fotografia era algo acessível apenas para à alta hierarquia, hoje um funcionário comum tem uma câmera digital de alta definição embutida em seu celular.

A fotografia deixou de ser uma arte para se tornar um meio de comunicação, onde cada pessoa pode contar uma história – onde esteve, por exemplo – apenas com uma foto. Mais que isso: ela é capaz de passar uma mensagem nos mínimos detalhes sem precisar utilizar uma única palavra.

A fotografia se tornou algo tão comum em nosso cotidiano que ultrapassa os limites da paixão e chega a ser quase uma necessidade.

Por incrível que pareça, achamos estranho quando uma pessoa passa algumas semanas sem abastecer suas redes sociais – seja Instagram, Twitter, Facebook ou outra – com uma foto. Isso porque a fotografia passou a ser algo tão comum nos nossos dias como conversar.

Melhores apps de celular

De um século para cá, o mercado se apropriou de nossa paixão pela fotografia para transformá-la em negócios.

Isso é, a marca (por marca entenda que estamos falando de uma empresa) é divulgada por uma equipe de marketing e a maneira mais eficiente de gravar um nome ou uma mensagem na cabeça da população é através da imagem e, desde de a popularização da fotografia, a maneira mais eficiente de fazer isso é apelas para a arte de fotografar.

Uma rápida caminhada em um bairro comercial ou residencial nos mostra isso. Basicamente todos os estabelecimentos têm um banner ou seu logotipo estampado em sua parte superior e isso é ação de uma fotografia.

A edição de foto se tornou um dos maiores aliados não apenas dos fotógrafos profissionais como dos amadores, permitindo embelezar a foto ou até mesmo modificá-la, alterando, por vezes, seu sentido e significado.

Não distante disso, hoje é praticamente impossível ver uma foto – profissional ou não – publicada que não passe por um processo de edição.

Em outros termos, a edição de foto se tornou tão comum em nosso cotidiano quando fotografar.

A evolução da edição de fotografia

Ao contrário do que muitos pensam, a edição fotográfica sempre existiu.

A colocação de um objeto em um lugar estratégico da paisagem pode mudar totalmente seu significado.

No jornalismo é normal dizer que uma notícia é um retrato da realidade e o mesmo pode ser dito de uma fotografia, pois fora do limite captado da câmera outra situação está acontecendo – e isso pode estar acontecendo a poucos metros do local fotografado.

Um exemplo disso é fotografar uma pessoa sentada em um banquinho dentro de um bar, deixando o foco – a pessoa – no centro da fotografia e passar a mensagem que ela está bebendo sozinha.

Só que se retirarmos um pouco do zoom da câmera e colocarmos o objeto à direita, poderemos ver na imagem uma segunda pessoa bebendo ao lado da primeira pessoa, demonstrando que esta nunca esteve sozinha no bar. Isso, mesmo sem um programa de edição, é manipulação e a edição é um tipo de manipulação.

Edição de Foto

Com isso quero dizer que a edição da fotografia é quase tão antiga quanto a própria foto. Bastava apenas uma pessoa que entendesse do assunto para mudar o significado. Atualmente este trabalho está muito mais fácil.

Além de termos a câmera digital, que permite instantaneamente observar a fotografia logo após o clique, temos programas de edição embutidos na câmera – e fora dela programas de alto nível que permite acrescentar objetos que não estavam na foto de maneira tão realista que enganam até mesmo alguns profissionais.

A edição de fotografia pode ser feita, em geral, por qualquer pessoa sem nenhum grande conhecimento.

Alguns aplicativos, como o Instagram, permitem adicionar filtros que embelezam ou então mudar características da foto, como sua tonalidade e contraste. E tudo isso pode ser feito apenas na base do olhômetro, onde nenhuma teoria foi aplicada ao realizar a edição.

Quanto mais avançada a tecnologia é, maiores são os nossos recursos.

Na fotografia isso se aplica da seguinte maneira: surgida como um meio de salvar permanentemente uma imagem em uma superfície, a fotografia sempre buscou se assemelhar à realidade.

Podemos afirmar que quanto mais parecido com a paisagem, melhor a foto é.

Todavia chegamos a um momento da história em que a tecnologia superou a realidade – ao menos na fotografia.

A explicação para isso é que a edição de foto permite alterar tanto o cenário original que o faz nem parecer ao mesmo. Por vezes os programas de edição fotográfica possibilitam transformar o mais seco dos desertos no maior e melhor natural oásis do planeta.

Estamos em uma era onde a fotografia é mais bela que a realidade.

Porque editar fotos

Existem diversas razões para editar uma foto; cada uma com suas peculiaridades.

A edição de fotos permite ao fotógrafo – ou designer – brincar ou alterar a realidade exposta naquela imagem. Apesar da tecnologia nos possibilitar isso, a edição é uma área muito tênue, visto que nem todos aprovam as mudanças feitas – e alguns não gostam nem mesmo que haja a mudança.

Edição de Imagens

Por outro lado, há situações onde existe a obrigatoriedade de editar uma foto, seja por motivos pessoais ou profissionais. Seja lá qual for o motivo, o melhor de tudo (ou pior?), é que todas as pessoas do mundo podem fazer isso.

Um dos motivos mais citados sobre os motivos de realizar uma edição na foto é a questão do embelezamento.

Deixando de lado a situação polêmica sobre a busca da imagem perfeita (especialmente no corpo humano), algumas empresas exigem que a fotografia de um(a) modelo, por exemplo, passe por um processo de edição.

Isso ocorre devido a maior intenção de compras dos consumidores quando veem uma imagem perfeita.

Apesar de ser uma situação mais recorrente em fotografias do mundo da moda, o embelezamento de uma foto está presente em empresas que buscam aparentar seus produtos como sendo algo mais belo.

Um exemplo disso são as fotografias dos lanches das grandes redes de fast food, que passam por um processo de pré-edição (onde é escolhido o lugar exato para fotografar os ingredientes ou o sanduíche como um todo) e depois pela edição, onde as imperfeições são retiradas a ponto de ficar mais chamativo para os clientes.

Essa é uma técnica muito utilizada por marketing que, para contornar a “propaganda enganosa”, utiliza muito da edição para deixar seu produto mais parecido com o que será comercializado, mesmo por vezes o da fotografia ser outro.

Além disso, basicamente todos os logos das empresas são feitos por programas de edição e criação, onde antes pode ter sido um desenho simples ou uma fotografia e depois é aperfeiçoada na edição final.

Mas nem sempre as edições estão voltadas para o campo profissional; alguém pode editar foto por motivos pessoais ou até mesmo por pura diversão.

O Instagram é o maior exemplo disso, onde sua configuração permite editar as fotos quase que instantaneamente e postar com uma aparência mais perfeita. Lamento dizer, mas boa parte das fotos presentes em sua timeline são resultados de uma edição de foto.

Aquela foto mostrando um dia bem claro e aparentemente ensolarado pode ter sido tirada em um dia bem dublado e escuro.

Entretanto nem sempre de boas intenções estão os editores de fotos. Muitos deles apenas o fazer com a intenção de enganar alguém e, na melhor das hipóteses, apenas por uma brincadeira.

Não é difícil sair falsas fotos que passam a mensagem errada e geralmente isso é obra de um bom editor que tem a intenção de pregar uma peça nas pessoas.

Na pior das hipóteses, o editor está tentando manipular uma pessoa (ou várias). Dependendo da situação, isso pode se configurar crime. Por exemplo, em casos criminosos uma falsa evidência, como uma imagem alterada, pode punir o editor.

No jornalismo, por sua vez, a manipulação apenas por uma imagem existe. Veja as capas de revistas políticas, como Veja e Carta Capital. As fotos sempre tendem a santificar ou piorar a imagem de alguém.

Por isso é importante ressaltar que todas as imagens estão sujeitas à edição.

Então esteja sempre ciente de o que você está vendo pode ser uma mentira.

Edição de foto tem lá suas vantagens, mas muitas situações negativas existem por sua existência.

Como editar todos para parecer profissional no celular

Falamos muito sobre como editar a foto pode deixá-la mais bonita, mais útil ou até então como ela pode manipular a realidade, mas até agora não citamos nenhum programa que ajude você a ter uma câmera profissional em seu celular. E aplicativos para isso não faltam.

Edição de Fotos no iPhone

Há dezenas deles com as mais diferentes interfaces, características, funções, funcionalidade e qualidade, entretanto vamos citar apenas os mais indicados pelos profissionais da fotografia.

Começando com os aplicativos para sistema iOS, o iPhone possui uma série se características boas em sua câmera, que é naturalmente boa.

Mas existem aplicativos capazes de deixar sua fotografia ainda melhor.

Camera +

O primeiro deles é o Câmera+, que possui excelentes filtros para quem pretende editar fotos sem se esforçar muito. Mas também há a possibilidade de fazer tudo manualmente, pois além das 15 modificações disponíveis, há opções como Macro, zooms, exposição, entre outros.

Faded

Exclusivo para iOS, o Faded, que possui filtros personalizáveis e efeitos especiais. Ele é integrado às redes sociais e possui 12 ajudes manuais a disposição.

VSCO Cam

Um outro mais conhecido pelos usuários do iPhone é o VSCO Cam, que passa por atualizações com muita frequência, sempre aprimorando seu sistema. Ele foi desenvolvido exclusivamente para que os fotógrafos aproveitem ao máximo seus smartphones. Seu diferencial é o “antes e depois” que está sempre disponível durante a edição da foto.

Manual – Custom Exposure Camera

O Manual – Custom Exposure Camera é outro app que simula uma câmera semi-profissional, podendo configurar manualmente o obturador, tempo de exposição, foco, balanço e sensibilidade.

ProCamera

Por último, o ProCamera permite aos fotógrafos criar seus próprios métodos de fotografia e edição. Nele existem recursos automáticos, como a amenização de borrões nas fotos noturnas.

Já pelo lado dos celulares com sistema Android, existem grandes editores de fotos também.

Camera FV-5

O primeiro deles é o Camera FV-5, que tem como proposta transformar seu smartphone em uma DSLR. Além das configurações de ISO, luz, foco e balanço do branco, há o tempo de exposição de até 30 segundos, proporcionando excelentes cliques noturnos. Há uma versão gratuita e uma paga.

Câmera Zoom FX

O Câmera Zoom FX possui todas as configurações de uma câmera profissional, mas tem como diferencial o timer e o disparo por controle de voz ou por qualquer outro som selecionado. É considerado por muito o melhor app de fotografia e edição de foto do Android.

Better Camera

Já o app Better Camera, além de permitir panorâmicas 360º, possui um editor de fotos avançado (que deve ser baixado separadamente na Play Store) e é pago.

HD Camera

Para finalizar, o HD Camera tem todas as configurações avançadas necessárias para tirar uma bela fotografia. Além de possui o temporizador, há a escolha de branco, de cenários, da qualidade da foto, de configuração de ISO, ajuste avançado de zoom e geolocalização. Este também possui uma versão grátis e outra paga.

Como editar fodos para parecer profissional no computador

É consenso entre os fotógrafos profissionais e os editores de foto ou designers: não existe apenas um melhor programa de editar foto no mercado.

Muito muda de acordo com as necessidades e expectativas do usuário, então cada programa de editar foto é o melhor para determinada situação. Cabe a você selecionar o ideal.

Adobe Photoshop

É também unanimidade entre profissionais e amadores que o Adobe Photoshop é o mais famoso editor de fotos do mundo.

Não por acaso, ele é o mais utilizado. E mais: ele realmente é um dos melhores.

O programa é rico em funções, que vão das mais básicas, como pintar com o pincel, até as mais avançadas, utilização a opção de edição de fotografias em 3D.

Existem a versão comum e a estendida, mas apenas neste possui a opção de edição 3D, além de recurso para edição básica de vídeo. Em ambos os casos o programa é pago.

Ainda sobre o Photoshop, existe a versão Elements, que é uma simplificada dos citados acima. O Photoshop Elements já vem instalado em alguns computadores da Sony, mas nao em todos.

Ele funciona exatamente como sua versão mais profissional, mas com menos funções.

Adobe Lightroom

O Adobe Lightroom é uma versão mais simplificada do Photoshop.

Altamene indicado para os profissionais/amadores que possuem uma maior produtividade, que trabalha com um grande fluxo de fotografias.

Se tornando cada dia mais popular, o Lightroom é o melhor para quem pretende apenas tratar as fotos, embelezando-as ou coisas do tipo.

Isso porque ele não possui funções para realizar montagens, assim como está ausente em seu sistema o trabalho com textos. Aliás, ele é um programa de editar muito mais simples do que sua versão complexa e mais velha, o Photoshop.

Corel Paint Shop Pro

Um outro editor que possui um absurdo número de adeptos é o Corel Paint Shop Pro. Munido de uma exuberante quantidade de efeitos rápidos para editar a fotografia, ele funciona de maneira menos complexa.

Diferentemente do Photoshop, o Corel possui uma versão em português e seu preço é um pouco mais barato que seu rival.

The Gimp

E há também editores de fotos gratuitos disponíveis no mercado. Um deles é o The Gimp, que está incluso em boa parte dos Linux e é uma excelente opção. Seu diferencial é uma interface bem diferente das do Adobe, então é comum achar esquisito na primeira vez que utilizar.

Photoscape

Uma segunda opção gratuita é o Photoscape, que possui funções para edições rápidas nas imagens.

Ideal para fotógrafos que precisam realizar pequenos ajustes em suas fotos.

Por não ser tão complexo quanto outros, é indicado para quem está começando a aprender sobre edição de fotos. É um dos programas mais competentes.

Existem diversas opções no mercado, mas só cabe ao usuário escolher a melhor. A maior verdade é sobre o talento e a capacidade do fotógrafo em editar suas fotos, deixando-as o mais perfeito possível.

Conclusão

A edição de fotos está presente em nosso cotidiano.

Como discutimos no início do texto, por onde andamos observamos o resultado de uma boa edição da imagem. E não é à toa: dependemos disso.

Editar foto é um processo da comunicação, que tende a passar uma mensagem a partir de uma imagem e quem pode garantir que a mensagem chegue ao receptor sem interferência é o editor.

Seja na vida pessoal ou profissional, você já teve contato direto com edição de fotos. Não dá para negar que esse recurso entrou em nossas vidas e tornou-se tão essencial quanto outras necessidades.

Quando você possui um conhecimento mínimo de edição, começa a reparar nos mínimos detalhes de cada foto em um jornal ou revista ou em cada postagem feita em sites e redes sociais.

A busca pela imagem perfeita possibilitou que nós nos tornássemos mestre nessa arte que é modificar uma mensagem a partir de sua imagem.

Aliás, a arte inicial que é a fotografia apenas ganhou mais um subgênero, pois editar exige tanto conhecimento prático como teórico que não pode deixar de ser considerado uma arte.

Em diversas áreas passamos a vida buscando a perfeição e não temos nenhuma dúvida que na fotografia o resultado foi encontrado.

Se fotografar é uma arte, editar uma foto é a arte de modificar uma mensagem. Uma capacidade que, pelo bem ou pelo mal, nem todos dominam, mas que está tão presente em nossas vidas que se subitamente sumisse algum dia todos nós sentiríamos total falta.

Fotografe sem limites e edite com moderação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário