Posted in:

Blog ou site de fotografia? Melhores Opções para Você Divulgar seu Trabalho

Blog ou site de fotografia

Existe uma dúvida não só para quem está começando na fotografia, mas também para profissionais com mais tempo de profissão: o que devo criar? Blog ou site de fotografia?

Para que você possa tomar essa decisão com calma, é preciso entender a funcionalidade de cada um, certo? Por isso eu separei aqui algumas diferenças entre blog ou site de fotografia.

Bom. A lógica de ambos é praticamente a mesma. O que quero dizer com isso? Que nos dois casos você precisa comprar um domínio e hospedar esse site em algum lugar. Eu falei grego agora pra você? Calma… Dê uma pausa nesse texto então e leia o que escrevi sobre como criar um site de fotografia. O raciocínio é o mesmo para blog.

Mas apesar das semelhanças que você acabou de aprender no texto que te sugeri acima, existem algumas peculiaridades em cada um deles.

Vou explicar item por item para vocês entenderem a lógica de cada um, e então decidirem se vão criar um blog ou site de fotografia – ou até mesmo os dois.

Blog ou site de fotografia

. Objetivo

Antes de mais nada precisamos entender para quê serve um ou outro. O site de fotografia tem como premissa mostrar ao público aquilo que você oferece, seja um produto ou um serviço.

Um fotógrafo então cria um site para colocar as suas fotos e com isso tentar aumentar as suas vendas mostrando como é o seu produto/serviço.

No caso do blog, o objetivo é também de mostrar algo para o leitor. Nesse caso a diferença será na interação. Um blog possibilidade o usuário dialogar com quem escreveu por meio dos comentários.

É uma excelente estratégia para você atrair as pessoas que estão interessadas no tema que você quer compartilhar. Esse é o nosso caso no Fotografia Mais. Criamos textos toda semana com dicas de fotografia, e também dicas de Marketing para fotógrafos.

. Estrutura do blog ou site de fotografia

A estrutura do site geralmente é mais estática. Geralmente um site de fotografia é dividido em:

Menu | Portfolio | Sobre | Contato

O que o fotógrafo precisa se atentar é em atualizar sempre o portfolio de fotografia dele.

A estrutura do blog é um pouco diferente. Geralmente os posts são organizados por data (o mais recente aparece no topo da página), e são divididos por categorias.

No Fotografia Mais nós escolhemos duas categorias diferentes, que são na verdade o nosso objetivo:

. Dicas de fotografia

Para fotógrafos iniciantes que querem aprender mais sobre a fotografia.

. Marketing para fotógrafos

Dicas de Marketing e Negócios para fotógrafos profissionais.

Lembrando que o ideal é que o fotógrafo seja constante nas publicações do blog, senão os usuários podem perder o interesse.

. Conteúdo

O conteúdo do site tende a ser mais formal. E são poucas as vezes que o fotógrafo irá fazer algum tipo de modificação. As mudanças principais são na atualização das fotos. Tirando isso, o conteúdo é estático.

No blog é diferente. O conteúdo é dinâmico e requer constantes atualizações. Procure focar em um tema que seja do seu interesse. Por exemplo: um fotógrafo de casamento pode criar um blog com conteúdo relevante para noivas.

Essa estratégia de criar conteúdo em blog é muito interessante, porque tem tudo a ver com o conceito de Inbound Marketing. Se eu falei grego de novo pra você, leia esse texto espetacular sobre O que é Inbound Marketing.

. Comunicação do blog ou site de fotografia.

A comunicação do site é mais objetiva. Não são necessários grandes textos. Afinal, quando o cliente entra em seu site, ele está atrás do seu portfolio, e precisa de um contato para que possa pedir um orçamento pra você.

No site não precisamos inventar muita moda. É preciso sempre pensar no motivo que levou o usuário a acessar seu site.

Entretanto, quando falamos do blog, o tipo de comunicação geralmente pode ser mais informal, como se você estivesse estabelecendo um diálogo com seu cliente. Você já reparou que no Fotografia Mais nossos textos são assim?

Pois essa é uma grande vantagem do blog. Estabelecer uma conversa com o leitor. Ainda mais que ele pode comentar em cada post publicado. Eu gosto muito disso!

Conclusão:

Se você é um fotógrafo que está com muito pouco tempo, por enquanto crie apenas um site. Algumas pessoas tem falado que site é coisa do passado. O que conta agora é criar uma fanpage no Facebook. Eu discordo radicalmente.

Através do blog ou site de fotografia você poderá ser encontrado pelos seus clientes no Google – se quiser saber mais sobre isso, leia SEO para fotógrafos.

Agora, se você gosta de escrever, e quer publicar sempre os trabalhos que fez para seus clientes, e além disso quer falar sobre temas que são relevantes para seu público alvo na fotografia, então um blog pode ser uma excelente ideia.

Ah! Já ia me esquecendo. É possível criar o seu blog dentro do próprio site. O menu ficaria basicamente assim:

Menu | Portfolio | Sobre | Contato | Blog

É isso, pessoal. Espero ter ajudado a esclarecer as dúvidas de vocês sobre criar um blog ou site de fotografia.

Sei que vocês tem muito para compartilhar conosco. Deixe seu comentário aqui para enriquecer ainda mais esse bate papo.

Um grande abraço.

Rafael, do Fotografia Mais.

Escrito por Equipe Fotografia Mais

Equipe de Fotógrafos, redatores e designers responsáveis por conteúdos exclusivos e de alta qualidade sobre fotografia para o mercado brasileiro.

190 posts

9 Comments

Leave a Reply
  1. Bom eu ainda não tenho câmera mas estudo muito por conta própria e minhas fotos são com meu smartphone. Mas tenho minha visão fotográfica e queria mostrar isso mas não sei onde ou por onde começar mas vcs me ajudaram bastaste, viu.

    • Flávio;

      Muito obrigado pelo seu retorno. Ficamos muito felizes em poder ajudar.
      O que você pode fazer é começar divulgando suas fotos nas redes sociais, principalmente o Facebook e Instagram. Mas se quiser mesmo se tornar um fotógrafo profissional, comece a pensar no site também.

      Grande abraço;

      Rafael, do Fotografia Mais

  2. Ainda não tinha encontrado um artigo que fizesse essa comparação, por isso achei bem interessante, parabéns pela iniciativa. Estou na fotografia há cerca de dois anos e passei por essa dúvida, inicialmente fiz um site numa plataforma específica para fotógrafos apenas mostrando meu portfólio, mas senti falta dessa interação que só o blog proporciona, então decidi acabar com o site e criar o blog e não me arrependo. A liberdade é maior e eu posso mostrar meu trabalho com mais eficácia do que o site.

  3. Boa noite Rafael
    Muito esclarecedor. Gostei muito pois tinha esta duvida. Agora ja sei o que vou fazer. Sou fotografo ha bastante tempo e agora pretendo entrar na midia para divulgar meu trabalho.

  4. Olá. Adorei o post, parabéns! Só tenho uma dúvida:
    é melhor criar um blog separado do meu site, com outro endereço inclusive. Ou criar o blog dentro do meu site mesmo? Será que a segunda opção tem o mesmo efeito sob o cliente? Penso que soa muito mais comercial/vendedor para o cliente do que informativo (ainda que o conteúdo seja bom).
    Agora, se fizer um site separado, com outro nome, posso linkar meu site no blog (e vice versa). Porém, teria dois trabalhos de SEO e, dois custos (com registro e hospedagem). Será que compensa??

    Obrigadaaa!

    • Oi Giulia. Não, não crie separado em hipótese alguma, ok? Vc teria o dobro do trabalho. Além disso, o Google ia indexar dois sites seus em vez de um. Realmente não compensa, viu? Manda ver com um só rs… Qualquer dúvida pode entrar em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *