Posted in:

Ensaio Sensual Feminino: Como Fazer Book Sensual, Inspiração e Poses

Ensaio sensual feminino

Nunca busquei trabalhar com ensaio sensual feminino em minha carreira de fotógrafo. Achava impossível  saber diferenciar o fotógrafo e o homem. No início era completamente dedicado à fotografia de estúdio. Mas a vida sempre tem um forma de provar que estamos errados.

Quando minha mãe estava  tratando  seus tumores (ela teve três), ela fez várias amigas, entre elas a Patrícia – nome fictício. Patrícia, uma mulher linda, já no final do tratamento, queria celebrar a vitória com um ensaio sensual feminino. E, para mãe, se o filho é fotógrafo, ele é o melhor do mundo e sabe fotografar qualquer coisa. Sabemos que não é bem assim.

Mas, nesse momento não queria de forma alguma decepcionar minha mãe. Como falar que eu não dava conta para uma mulher que tinha passado por algo tão sério e por uma cirurgia tão agressiva?!

Fui procurar referências e, como já estava fazendo um curso de fotografia, procurei vários professores, entrevistei a moça, pesquisei, conversei com mulheres, tentei me preparar ao máximo. E foi assim que teve início minha trajetória com o ensaio sensual feminino, ao qual me dedico em grande parte do tempo. Por isso mesmo, sempre me perguntam o que é necessário para que um homem possa se inserir nesse mercado. Existem alguns aspectos importantes que quero compartilhar aqui.

 

Em primeiro lugar, você deve se questionar sobre suas reais motivações para querer trabalhar com ensaio sensual feminino.

 

Se o objetivo é ver mulheres com lingeries lindas ou completamente nuas, existem outras formas de conseguir isso. Estamos falando aqui de algo que é bem sério e que exige extremo profissionalismo. Dentro do estúdio e no contato com a cliente eu sou simplesmente um fotógrafo. O homem fica do lado de fora, na minha vida privada. E é importante que seja assim. Sempre.

E como demarcar esses limites? Para isso, considero importante incluir em todo o processo uma assistente – uma mulher. Nas reuniões e, principalmente, no dia do ensaio, estou sempre acompanhado de uma assistente – e, em alguns casos, até de uma maquiadora. E é nítido como o fato de ter uma mulher me acompanhando dá mais conforto e tranquilidade à modelo.

Outra coisa. Nunca, em hipótese alguma, eu encosto na mulher que estou fotografando. Qualquer ajuste na roupa, auxílio para se vestir (algumas lingeries são bem complicadas), modificação no cabelo, quem faz é a assistente. Como sou homem, preciso evitar que qualquer conduta seja interpretada equivocadamente. Então, para evitar problemas, lá está a assistente.

Em um de meus ensaios, por exemplo, a modelo decidiu colocar unhas postiças assim que íamos começar a fotografar. Só que ela colou as unhas e esqueceu que teria que tirar as roupas logo em seguida. Não seria nem um pouco razoável que eu fizesse isso para ela, mas a assistente fazendo foi super tranquilo. Ao invés de um silêncio constrangedor no estúdio, o clima foi de risadas pela situação.

Infelizmente existem pessoas que confundem as coisas e acabam prejudicando aqueles que desenvolvem um trabalho ético e tão bonito. Lidar com mulheres exige, antes de qualquer coisa, respeito.

Portanto, todo fotógrafo que trabalha com ensaio sensual feminino precisa levar muito a sério tudo isso.

Alexsandro Stoppa

 

 

 

 

 

Alex Stoppa, especialista em ensaio sensual feminino em Belo Horizonte-MG.

Fotógrafo na Stoppa Fotografia

 

Escrito por Equipe Fotografia Mais

Equipe de Fotógrafos, redatores e designers responsáveis por conteúdos exclusivos e de alta qualidade sobre fotografia para o mercado brasileiro.

161 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *