Posted in:

Softbox: O Que é, Como Usar e Como Escolher a Melhor para Você

softbox

O que é softbox? A luz é fundamental na fotografia, sendo assim, quem está sempre em busca de melhorias para suas imagens não pode deixar de investir no softbox.

A verdade é que a iluminação é tão essencial que até faz parte do nome da fotografia. A palavra veio do grego e, literalmente, significa “escrever com luz”.

Leia também “Guia Completo sobre Fotometria na Fotografia” para entender como a luz é controlada pelos ajustes da câmera.

Neste post, você entender qual é a função do softbox na iluminação e como esse equipamento pode fazer toda a diferença nas suas fotos!

Índice

  1. O que é uma softbox?
  2. Para que serve a softbox
  3. Tipos de softbox disponíveis no mercado
  4. Quais são as vantagens de usar uma softbox na iluminação?
  5. Exemplos de fotos feitas com iluminação difusa
  6. É possível improvisar uma softobox?
  7. Quanto custa uma softbox?
  8. Conclusão

O que é uma softbox?

softbox o que é fotografia

Ao mesmo tempo em que o softbox funciona como uma fonte de luz, ele também é um modificador de iluminação, já que traz um efeito diferente à imagem.

O equipamento consiste em uma lâmpada posicionada sobre um tripé, que geralmente é ajustável. A lâmpada é envolta por uma caixa, feita com um tecido que deixa a luz transparecer de forma mais suave.

Nem sempre o softbox é acompanhado da lâmpada, a caixa também é vendida separadamente, com diferentes tecidos e formatos.

Na maioria dos modelos, o tecido difusor que é posicionado em frente à lâmpada pode ser removido da softbox, para que o fotógrafo utilize apenas a luz da lâmpada ou opte por outro tecido.

Geralmente, o softbox é utilizada em ensaios feitos no estúdio fotográfico, como na fotografia de produtos, por exemplo.

Entretanto, também é possível utilizar o equipamento em espaços abertos, para fotografar um grande grupo de pessoas, por exemplo, e direcionar a luz ao objeto da imagem.

Para que serve a softbox

softbox para que serve

Por conta do tecido utilizado na caixa que envolve a lâmpada, a luz que antes era forte e direcionada apenas a um ponto, se torna difusa e mais ampla.

Além disso, o interior da caixa é envolto por um tecido que causa reflexão da luz, fazendo com que ela se espalhe ainda mais no objeto.

Ou seja, um pequeno ponto de luz se transforma em uma grande fonte luminosa para sua foto, além de trazer uma iluminação mais natural e suave.

Desta forma, as sombras se tornam mais suaves e a luz chega ao objeto da imagem de forma mais difusa, o que dá o ar de naturalidade à foto.

Tipos de softbox disponíveis no mercado

Como mencionamos anteriormente, existem diferentes tipos de softbox, com distintos materiais e formatos.

Cada um deles traz um efeito diferente à foto e também pode ser usados de diversas maneiras. Sendo assim, é importante conhecer a variedade de equipamentos no mercado para escolher o que funcionar melhor com seu estilo de fotografia.

Afinal, cada equipamento de iluminação dá um direcionamento e efeito particular à imagem. Para os amantes da fotografia e profissionais, é indispensável entender quais deles estão alinhados com o tipo de fotografia que é feito.

Conheças as particularidades e diferenças de cada softbox e entenda o efeito de cada característica no resultado final da sua foto!

Forma da caixa

Pode parecer um detalhe pequeno, mas a verdade é que o formato da caixa pode diferenciar o tamanho e alcance da luz.

A maioria dos modelos é feito no formato quadrado, entretanto, existem softboxes em formas retangulares, hexagonais e até mesmo octagonais.

Aliás, a softbox em formato de octágono é uma das mais famosas! Também conhecida como octabox, ela permite que a luz esteja presente em uma área maior do cenário, além de criar um efeito ainda mais suave à imagem.

Entretanto, o softbox quadrado ou retangular ainda é o mais escolhido pelos profissionais, principalmente pela versatilidade e praticidade.

Além disso, existem diferentes tamanhos de softboxes, desde as pequenas e portáteis até modelos grandes e específicos para estúdios.

É importante levam em consideração a praticidade da softbox antes de escolher o tamanho, principalmente pensando na forma de carregar o equipamento e também guardá-lo.

Tipo, número e potência das lâmpadas

Normalmente, as lâmpadas são usadas no softbox, entretanto, há sempre a possibilidade por optar por diferentes tipos de lâmpadas, especialmente para criar diferentes cores e efeitos.

Dependendo do modelo e até mesmo do tamanho do softbox, ele pode ser equipado com uma ou mais lâmpadas. Geralmente, a quantidade maior de lâmpadas é para compensar o tamanho da caixa.

Não há muita diferença nas quantidades de lâmpada, principalmente quando estão relacionadas ao tamanho da caixa. O único detalhe é que a montagem de um softbox com mais lâmpada leva um pouco mais de tempo.

No caso de múltiplas lâmpadas, elas costumam possuir uma potência menor, enquanto softbox com uma única fonte de luz exige uma lâmpada mais potente.

Entretanto, o valor é sempre proporcional. Por exemplo, caso você use 4 lâmpadas, a potência de cada uma será de 45W. Enquanto a única lâmpada costuma ter potências entre 125W e 150W.

Voltagem e tipos de tomadas

Antes de comprar qualquer equipamento que depende da tomada para funcionar, é importante verificar a voltagem do produto.

No caso da softbox, é essencial optar pela voltagem da sua casa, estúdio ou local em que você usará o equipamento, tanto 110V quanto 220V.

Além disso, o plug da tomada é um ponto importante para analisar também! Caso você adquira seu softbox em sites internacionais, confira se o plug é compatível com as tomadas brasileiras, ou já busque por um adaptador.

Quais são as vantagens de usar uma softbox na iluminação?

softbox vantagens

Como mencionamos anteriormente, existem diversos equipamentos de luz, alguns até mais práticos de se usar do que o softbox.

Sendo assim, por que o softbox é um equipamento pelos fotógrafos? Por que ele é tão essencial no kit de luz de um profissional da fotografia?

A verdade é que o softbox é um equipamento muito versátil, ou seja, pode ser utilizado de diversas maneiras e consegue se moldar a diferentes situações.

Confira a lista abaixo para conhecer mais benefícios do uso do softbox na iluminação das suas fotos!

Luz difusa é melhor

As características principais da softbox são de suavizar e ampliar a fonte de luz, por meio do tecido difusor posicionado em frente à câmera.

Com isso, o fotógrafo ganha uma iluminação maior e mais suave, de forma que a imagem final é caracterizada pela naturalidade.

As luzes diretas costumam criar sombras muito definidas e duras na imagem, o que acaba adicionando um tom dramático ao cenário e ele nem sempre é desejado.

Para ensaios fotográficos de produtos e modelos comerciais, é interessante trabalhar com a luz difusa, para criar sombras mais discretas e esconder um pouco os eventuais defeitos do objeto principal.

Uma softbox é prática e portátil

Uma outra técnica muito conhecida para tornar a luz difusa é o uso da sombrinha. Ela é, literalmente, em formato de guarda-chuva e é feita com um tecido refletor. Quando posicionada em diferentes ângulos à luz, ela a torna mais suave.

Entretanto, o softbox se apresenta como a melhor opção em comparação à sombrinha por conta da sua praticidade. Ao invés de carregar a fonte de luz e a sombrinha, você pode andar com um único equipamento que exerce ambas funções.

Além disso, a sombrinha exige o auxílio de outra pessoa, alguém que fique segurando o equipamento e mudando-o de lugar enquanto você fotografa. É outro ponto negativo para a praticidade da sombrinha.

CRI ou Índice de reprodução cromática

Em inglês, a sigla CRI representa o termo “Colour Rendering Index”, traduzido para o português, o termo se transforma em índice de reprodução cromática.

Basicamente, o CRI mensura o nível de “fidelidade” das fontes de luz em relação às cores originais do objeto iluminado.

A informação é essencial para escolher lâmpadas e equipamentos de iluminação, especificamente na fotografia, já que é necessário que a luz reflita exatamente o que o objeto é.

Sendo assim, o softbox oferece um alto índice de reprodução cromática, ou seja, reproduz as cores de forma natural e fiel à forma original.

Entretanto, o uso de LEDs no softbox muda um pouco esse dado, tornando o índice menor, já que a luz reproduzida por este tipo de lâmpada é bem diferente. O resultado é uma imagem com cores um pouco diferentes da versão original.

Consumo de energia

Se você pretende economizar energia usando o softbox, é interessante optar pelas lâmpadas fluorescentes. Em comparação às outras, ela consome menos energia e também esquenta menos.

O uso de lâmpadas mais fortes, como a de tungstênio por exemplo, poderia até mesmo sobrecarregar a rede elétrica da sua casa ou estúdio.

As lâmpadas de LED consomem ainda menos energia do que as fluorescentes, entretanto, costumam gerar uma luz que nem sempre beneficia a imagem.

Temperatura da lâmpada

O fato de que as fluorescentes não esquentam muito é um ótimo benefício para os modelos durante o ensaio, já que o ambiente pode ficar muito abafado com lâmpadas que consomem mais energia.

Algumas lâmpadas incandescentes costumam esquentar tanto que até chegam a explodir, e isso sequer é uma situação incomum no uso desta iluminação.

Sendo assim, é interessante optar pelas lâmpadas fluorescentes, tanto para economizar o consumo de energia quanto para garantir a segurança do fotógrafo e dos modelos.

Exemplos de fotos feitas com iluminação difusa

Como mencionamos anteriormente, o softbox cria um tipo de iluminação que é mais suave e natural, o que torna o equipamento perfeito para a produção de retratos!

Desta forma, as sombras e detalhes como cicatrizes e espinhas são escondidos pela iluminação, resultando em um retrato extremamente natural.

Por outro lado, a iluminação difusa também é ideal para a fotografia de produtos, especialmente para fins comerciais.

Por criar sombras mais suaves e menos dramáticas, a iluminação é ótima para apresentar o produto da forma como ele é e, ao mesmo tempo, embelezá-lo na medida correta!

Veja os exemplos a seguir:

softbox f

softbox

softbox

softbox dicas

softbox onde comprar

softbox para que serve

É possível improvisar uma softbox?

softbox improvisar

Imagem: Pinterest

Sim, é possível criar um softbox caseiro para iluminar as suas fotos! Para quem não pode adquirir o equipamento agora ou quer testar o efeito antes de fazer o investimento, o método feito em casa é uma ótima opção.

Para criar a estrutura da caixa, é possível usar o papelão e envolvê-lo com papel alumínio, para dar o efeito de reflexão de luz na área interior do softbox.

Você pode usar uma folha de papel manteiga para criar o difusor de luz, que é posicionado na frente da lâmpada, com a missão de espalhar e suavizar a luz.

Não esqueça de criar uma abertura na parte de trás da softbox para posicionar a lâmpada! O softbox caseiro pode ser encaixado em um tripé comum para alcançar diferentes ângulos.

Quanto custa uma softbox?

Um softbox de lâmpada única e em formato quadrado ou retangular pode custar entre R$140,00 e R$200,00. Considerando o valor de outros acessórios fotográficos, o preço é baixo.

Até mesmo um modelo grande, como o octabox, pode ser encontrado com valores que giram em torno de R$170,00.

É importante lembrar que os valores informados são referentes apenas à caixa, sendo assim, ainda é preciso adquirir um tripé e uma lâmpada para montar um softbox completo.

Vale à pena investir em uma softbox?

Se você trabalha com a fotografia em estúdio e gosta de praticidade, a softbox é a melhor opção para integrar ou até mesmo iniciar o seu kit de iluminação.

O equipamento é fácil de montar, pode ser utilizado de diferentes formas e causa um efeito transformador à imagem.

Além disso, o softbox permite que você trabalhe sozinho com a luz difusa, sem a necessidade de um ajudante para rebater a luz e torná-la mais ampla.

Conclusão

softbox

Por fim, é possível perceber que o softbox é um equipamento versátil e prático, além de ser ideal para quem está começando a montar um kit de equipamentos para iluminação.

Com o uso do softbox, é possível criar uma iluminação mais natural e ampla, com sombras mais suaves e até defeitos menos aparentes.

Leia também:

Depois de conhecer tudo sobre o softbox, você está pronto para transformar a iluminação das suas fotos? Deixe sua opinião e dúvidas nos comentários!

Escrito por Equipe Fotografia Mais

Equipe de Fotógrafos, redatores e designers responsáveis por conteúdos exclusivos e de alta qualidade sobre fotografia para o mercado brasileiro.

144 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Quero ser cadastrado na LISTA VIP