Posted in:

Fotografia Documental: entenda o que é, tipos e como fazer [Guia completo]

fotografia documental

Neste post você vai aprender tudo sobre fotografia documental!

A fotografia documental é baseada em um olhar mais atencioso e comprometido do fotógrafo, além de ser bastante investigativa em relação a uma determinada história que precisa ser contata através de uma imagem.

Esse tipo de trabalho costuma estar envolto em delicadeza e esbanjar sentimentalismo. Com a fotografia documental, você é capaz de captar o essencial de uma pessoa ou de um objeto, registrando sentimentos e histórias no geral.

Esse ramo da fotografia é bem parecido com o fotojornalismo. Para saber mais sobre ele, acesse esse guia completo que preparamos para você!

Diferente do que algumas pessoas acham, nesse tipo de clique você possui pouco ou nenhum controle sobre os seus resultados. Isso acontece porque você precisa contar histórias através de uma imagem. E, muitas vezes, essas mesmas histórias são reservadas para palavras.

Além disso, o fotógrafo costuma ter apenas uma chance de registrar um determinado acontecimento.

Nesse artigo você encontra tudo o que precisa para arrasar nesse tipo de fotografia.

Índice

  1. O que é fotografia documental?
  2. Características da fotografia documental
  3. 15 dicas para fazer fotografia documental
  4. Exemplos de fotografia documental
  5. Conclusão

Confira agora tudo o que você precisa saber sobre fotografia documental:

O que é fotografia documental?

o que é fotografia documental

A fotografia documental é um ramo que une várias propostas, objetivos e valores. Você pode praticá-la em viagens, de forma social e em diversos outros aspectos.

Ela costuma representar a estrutura social, uma determina época, um evento ou de um local, por exemplo, com um olhar singular e espontâneo.

Além disso, esse olhar costuma mapear diferentes acontecimentos, desde os do cotidiano de povos distante até os mais catastróficos. Assim, é possível conhecermos diferentes realidades e momentos, sem que eles se pareçam muito distantes.

Conceito de fotografia documental

O conceito “documento” geralmente está ligado a algum tipo de história escritura, onde o objetivo é a comunicação. Então, na fotografia, por contar acontecimentos ou fatos, esse ramo acaba tendo a mesma função.

A fotografia fundamental tem um objetivo poético, interpretativo e mais elaborado em relação a um determinado assunto ou local.

Qual a diferença da fotografia normal?

O resultado desse tipo de foto é bastante profundo e possui uma função social muito relevante. Ela conta uma história de maneira espontânea, sem avisos ou preparos prévios.

Alguns profissionais da área trabalham de maneira um pouco mais complexa, desenvolvendo temas sociais, como:

  • Desmatamento;
  • Desigualdade;
  • Violência.

Já na fotografia normal, o objetivo costuma ser captar momentos pré-definidos, como um book smash the cake, uma festa infantil ou um casamento.

Dessa forma, acabam existindo definições de poses, preparação para a foto, maquiagem e iluminação artificial, por exemplo.

Características da fotografia documental

fotografia documental caracteristicas

A fotografia documental herdou bastantes características do fotodocumentarismo que foi consolidado nos anos 1930.

Ele possuía uma vertente mais social, baseado na tríade: verdade, objetividade e credibilidade. Assim, a veracidade dos fatos é um fator inquestionável nesse tipo de imagem.

Esse tipo de projeto tinha o objetivo de chamar a atenção para problemas sociais, buscando uma mudança na política vigente, a fim de diminuir a desigualdade.

Dessa forma, a fotografia documental herdou esse olhar crítico e espontâneo.

Confira agora 15 dicas para ter o melhor resultado possível ao fazer fotografia documental:

15 dicas para fazer fotografia documental

dicas fotografia documental

1. Entenda o assunto principal

Antes de mais nada, você precisa pegar a sua câmera, e se familiarizar com o seu assunto.

Dessa forma, você conseguirá entender melhor o que vai fotografar, além de se preparar e preparar o seu assunto, a fim de compreender como representá-lo.

2. Aproxime-se do tema

É muito importante ter em mente como você quer que seja o seu resultado final. Tenha claro na sua mente o motivo de você estar fotografando o seu objeto, a sua inspiração e em como você a cena, por exemplo.

Além disso, saiba como deseja representar o seu assunto antes mesmo de pressionar o obturador de sua câmera. E não esqueça que você está documentando uma história, ou seja, seja bastante realista e verdadeiro.

Para isso, é interessante que você se aproxime do seu tema, a fim de conseguir resultados mais realísticos, colocando emoção nas suas imagens.

3. Tenha o equipamento correto

Esteja certo de possuir todo o equipamento fotográfico necessário para os seus cliques, principalmente se você precisa viajar. E tenha em mente de que é importante que seus equipamentos concedam mobilidade a você. Assim, fica mais fácil não perder nenhum detalhe da sua cena.

Se você tiver mais domínio técnico, trabalhe no modo manual com a sua câmera pode ser uma boa alternativa. Mas, se você estiver começando, vale pesquisar as especificações de cada câmera e seus modos automáticos. Entenda o seu equipamento e combine-o com seu estilo.

4. Busque inspiração

Buscar inspiração pode ser uma ótima forma de conseguir bons resultados finais com suas fotos. Isso ajuda a melhorar a sua criatividade e o seu leque de imagens.

Busque imagens feitas baseadas nesse estilo fotográfico e se inspire!

5. Conheça outros fotógrafos

Você pode realizar o seu clique a qualquer hora e em qualquer lugar. Dessa forma, é importante que você conheça o trabalho de outros profissionais, a fim de conhecer os melhores ângulos e formas de fotografar.

Então, procure inspiração sabendo mais sobre o trabalho de grandes nomes da foto documental. Realize uma pesquisa e confira o que já foi feito e o que não foi.

Observar o trabalho de grandes profissionais com certeza vai incentivar e treinar o seu olho fotográfico.

Dessa forma, você vai se tornar mais vigilante e vai conseguir ver melhor a sua cena como um todo.

6. Tenha muita paciência

A fotografia documental pode acabar sendo um processo um pouco penoso quando ele envolve pessoas. Isso acontece porque você não pode deixá-las esperando por muito tempo.

Além disso, também não é legal fazer várias visitas para conseguir as imagens que você deseja. Se este for o caso, é essencial que você seja paciente e não se frustre caso os seus cliques levem mais tempo do que o previsto.

Em muitos casos, a espera é apenas de poucos minutos extras. Porém, outras vezes, algumas horas a mais podem fazer bastante diferença nas suas imagens documentais.

Caso você esteja enfrentando dificuldades para conseguir as fotos que deseja, é interessante reavaliar a sua visão.

Não é vergonha nenhuma mudar o foco por um determinado período de tempo, a fim de redefinir a sua abordagem.

7. Seja criativo

É muito importante que você escolha detalhes interessantes e únicos que podem não ser vistos de forma tão clara pelos espectadores casuais.

Então, foque em captar texturas, padrões e cores, a fim de realizar um close-up bastante atraentes. Preste bastante atenção no momento do clique e mantenha o seu olho nas oportunidades, a fim de complementar a sua história da melhor forma possível. Não esqueça também de capturar os rostos das pessoas envolvidas.

Não tenha medo de chegar perto de uma pessoa e pedir para tirar uma foto dela. Seus espectadores provavelmente vão se envolver ainda mais com suas imagens se elas envolverem rostos, expressões e reações das pessoas envolvidas.

Além disso, essa é uma excelente maneira de contar uma história.

8. Seja fiel à realidade

Além de ter que definir o planejamento, o tema da sua imagem, a melhor forma de retratá-la, por exemplo, você precisa ter em mente que é muito importante se ater à realidade.

Seu público confia que você está retratando com bastante precisão a veracidade do que está sendo retratado. Então, ao realizar um clique, lembre-se de que o que você deixa fora da imagem é tão importante quanto o que você coloca nela.

Você dificilmente vai conseguir retratar todos os detalhes da sua cena, principalmente se a sua mente não estiver condicionada para a realidade que você está registrando.

Porém, é muito importante que você trabalhe de forma bastante objetiva, a fim de estabelecer um relato fiel do assunto sem que haja quaisquer tipos de preconceitos ou inclinação política.

9. Capte o máximo de detalhes

É fundamental que você capture uma diversidade de tiros para conseguir dar ao seus espectadores uma perspectiva mais equilibrada do seu assunto.

Apesar disso, é importante que você não tire apenas foto macro. Elas podem funcionar nesse tipo de fotografia, mas quanto mais amplo o seu ângulo for, melhor. Dessa maneira, você vai conseguir capturar o máximo de detalhes possível.

Estabeleça tiros e depois se afaste um pouco da cena, a fim de visualizá-la e entendê-la melhor a partir de uma nova perspectiva.

10. Pegue leve na edição

No momento de editar as suas imagens, lembre-se de que a fotografia documental é sobre a representação da realidade.

Alguns fotógrafos ficam preocupados apenas em filmar ou fotografar a cena de maneira bastante rápida, esperando melhorar o resultado na pós-produção para salvar seus resultados. Porém, na fotografia documental você não pode se esconder atrás da pós-produção.

Isso acontece porque é fundamental que você se atenha à realidade em suas fotografias. Então, é importante que você obtenha a melhor foto possível em quanto está capturando sua cena.

Para isso, é interessante que você conheça os ajustes do seu equipamento com antecedência e tome o tempo necessário para realizar a composição adequada. Garanta sempre que você está capturando as imagens que você deseja da melhor maneira possível.

11. Posicione-se no local correto

Ao chegar perto da ação para obter melhore fotos, você corre o risco de ficar no caminho das pessoas e atrapalhar a passagem.

Então, observe primeiro e só então se posicione para realizar os seus cliques.

12. Entenda a luz natural

A iluminação é um dos principais fatores para o bom resultado das suas fotos. Então, entenda a luz natural da sua cena, a posição do sol em cada horário, as sombras e tudo o que puder influenciar no seu resultado final.

13. Não chame atenção

Faça seus registros da forma mais discreta possível, a fim de não influenciar a fluidez da sua cena. Então, a fim de capturar o seu assunto com bastante naturalidade, evite chamar a atenção.

14. Faça uma exposição correta

Cada tipo de câmera tem um tipo de sensor, o que produz resultados diferentes quando há uma sub ou superexposição.

O formato full frame, por exemplo, é o mais generoso. Ele consegue produzir fotos para impressão mesmo quando a imagem é superexposta a três pontos ou mais.

O alcance dinâmico dos sensores digitais vão depender da marca dos componentes internos do seu equipamento, como memória RAM, processadores e tecnologia empregada.

E com a exposição correta para a sua cena, você conseguirá obter um ótimo resultado.

15. Seja rápido

Como o objetivo desse tipo de fotografia é capturar a realidade, é importante que você seja bastante rápido para capturar a sua imagem.

Dessa forma, você conseguirá ser bem fiel à sua cena.

Exemplos de fotografia documental

Fotografia documental de família

Esse tipo de registro pode trazer para uma família belas lembranças de quem eles eram no geral. Muitos momentos únicos acabam passando despercebidos no dia a dia, e a foto documental entra justamente aí.

foto documental família

fotografia familia documental

Fotografia documental artística

Esse tipo de foto mostra com espontaneidade algum movimento artístico, que pode ir desde um grafite sendo pintado até uma dança sendo desenvolvida, por exemplo.

fotografias documental artísticas

fotografia documental artistica

Fotografia documental contemporânea

Esse registro capta a essência moderna da sociedade e mostra como ela mudou ao longo do tempo e suas particularidades.

fotografia documental

fotografia documental

Fotografia documental casamento

Esse tipo de fotografia consegue captar tudo o que está acontecendo em um casamento sem interferências, como expressões de alegria, abraços sinceros, lágrimas discretas que podem eventualmente escorrer dos olhos de algum amigo, por exemplo.

fotografia documental casamento

fotografia documental casamento

fotografia casamento documental

Conclusão

A fotografia documental tem como objetivo retratar a realidade com o máximo de veracidade e detalhes possível. Normalmente, esse tipo de foto mostra diferenças sociais, mudanças climáticas e a natureza, por exemplo.

É muito importante que você esteja atento em clicar a sua cena e mostrá-la da maneira mais verossímil possível.

Foque em capturar seu assunto com a melhor luz possível, captando o máximo de detalhes. Retrate apenas a verdade e não faça muito uso de programas de pós-produção em suas imagens.

Dessa forma, você conseguirá passar com sentimento suas cenas para os seus espectadores em maiores problemas.

fotografia documental dicas

Neste artigo, você encontrou tudo o que precisava saber sobre a fotografia documental. Agora, é só se inspirar, configurar o seu equipamento e começar a clicar!

Quer aprender mais sobre fotografia e continuar aprimorando seu trabalho? Acompanhe nosso blog! Sempre trazemos novidades da área, as melhores dicas e guias completos para você!

Veja alguns outros artigos que podem te interessar:

E você, já conhecia fotografia documental? Nos conte como foi a experiência e se você tem alguma dica a oferecer para os outros leitores!

E não esqueça: se ainda ficou com alguma dúvida, basta deixar sua pergunta nos comentários!

Obrigado por ler até aqui!

Escrito por Equipe Fotografia Mais

Equipe de Fotógrafos, redatores e designers responsáveis por conteúdos exclusivos e de alta qualidade sobre fotografia para o mercado brasileiro.

175 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *