Posted in:

Foco na Fotografia: Dicas de Fotos Mais Nítidas e Focadas

foco na fotografia

O que é foco na fotografia?

O famoso efeito de “borrado” na imagem é o que chamamos de foco na fotografia! É ele quem determina o grande destaque do clique.

O foco é um dos conceitos mais básicos na fotografia e extremamente essencial para produzir uma foto de qualidade.

Chamamos de área em foco o pedaço da imagem que está nítido, chamando mais atenção do que os elementos que estão fora do ponto de nitidez.

Leia também “Fotometria na Fotografia: Guia Completo para Fotógrafos” para aprender mais sobre os fundamentos da fotografia!

Neste post você vai aprender diferentes técnicas de foco na fotografia, além de como usá-lo da melhor forma com sua câmera!

Índice

  1. O que é Foco na Fotografia?
  2. Foco na Fotografia e a Profundidade de Campo
  3. Foco na Fotografia e a Distância Focal
  4. Tipos de Foco na Câmera Fotográfica
  5. Como Tirar Fotos mais Nítidas e Focadas
  6. Conclusão

O que é Foco na Fotografia?

foco na fotografia

O que é foco na fotografia? É possível classificar o foco como um tipo de configuração que determina o quão nítido o assunto principal estará na imagem.

Ele é ajustado na lente da câmera, tanto no modo automático quando no manual. Cada um possui seus prós e contras que dependem do seu estilo de fotografia.

Assim como a área que está focada determina o que está em destaque, a parte fora de foco também fala muito sobre sua imagem.

Mesmo em fotografias artísticas, o uso incorreto do foco causa uma má impressão ao público e transforma a imagem em um clique medíocre.

Em conjunto à sensibilidade ISO, à abertura do diafragma e à velocidade do obturador, o foco é considerado um dos pilares básicos da fotografia.

Foco na Fotografia e a Profundidade de Campo

Como focar na fotografia

Quando um ponto de foco é determinado, não há como estendê-lo horizontalmente, porém existe uma distância que o foco pode alcançar. Essa é a profundidade de campo.

A profundidade de campo varia de acordo com a abertura do diafragma que está sendo utilizada no momento.

Quanto maior o valor de abertura, menor é a profundidade de campo. Isso significa que o foco alcança apenas itens que estão mais próximos à lente.

Por exemplo, este tipo de combinação é ideal para fotografar detalhes e retratos, em que o item fica nítido e todo o resto é desfocado.

Por outro lado, quanto menor o valor de abertura, maior a profundidade de campo. Sendo assim, itens que estão mais distantes entram em foco.

Dessa forma, este ajuste é perfeito para fotos de paisagens! Já que a ampla profundidade de campo é capaz de dar nitidez à todos elementos.

Foco na Fotografia e a Distância Focal

foco na fotografia câmera

Semelhantemente à profundidade de campo, a distância focal mede o espaço entre o centro ótico da lente e o sensor da câmera.

Traduzindo, é a distância entre o ponto da lente que captura da luz e o mecanismo da câmera que processa e captura a imagem.

A distância focal varia de acordo com a lente utilizada. Objetivas fixas possuem valores de distância focal fixos, enquanto as lentes zoom variam.

O valor de distância focal determina a amplitude que a lente é capaz de capturar, assim como a proporção de tamanho dos itens da imagem.

Quanto maior a distância focal, mais limitada é a área de enquadramento, porém o item principal parece maior e mais próximo.

Por outro lado, quanto menor a distância, mais ampla é a visão e mais distantes parecem os elementos da imagem.

Tipos de Foco na Câmera Fotográfica

tipos de foco na fotografia

A maioria das câmeras fotográficas possui dois modos de foco: o automático e o manual.

É importante conhecer os dois tipos de foco na fotografia, já que cada um deles funciona melhor sob diferentes circunstâncias, o que pode facilitar sua vida de fotógrafo!

Já parou para pensar qual deles é melhor para fotos em movimento? Ou qual é mais indicado para retratos, ou fotos de paisagens?

Primeiramente, o modo automático pode parecer a escolha mais prática. Porém, não é difícil tomar controle sobre a técnica manual.

Conheça os dois modos e descubra qual é o melhor para cada evento fotográfico!

Modo Manual

O modo manual é ajustado por meio de um anel presente na extremidade da objetiva conectada à sua câmera. Conforme o anel é girado, ele busca pelo foco no item desejado.

Entretanto, não é sempre que o foco manual consegue identificar o ponto principal. Especialmente quando há iluminação baixa ou excessiva.

Ainda assim, o modo manual é capaz de identificar elementos que nem sempre são detectados pelo modo automático.

Sendo assim, é preciso saber quando aplicar um dos dois módulos para não perder um clique por causa do foco.

O modo manual exige um pouco de prática, por isso não é recomendado para fotos que exigem velocidade e imediatismo.

Por outro lado, é ideal para imagens de paisagens e animais, em que é possível tomar seu tempo para avaliar os detalhes de uma vasta área.

Lembre-se sempre de consultar o manual de instruções da sua câmera para obter mais detalhes de como aproveitar o melhor da sua máquina!

Modo Automático (autofoco)

Também conhecido como a abreviação “AF” (“automatic focus” em inglês), o modo automático é o mais simples e objetivo, principalmente para iniciantes.

Ao contrário do modo manual, não exige um ajuste constante do fotógrafo, ele já identifica o ponto de foco por conta própria.

Quando o modo automático é acionado, o anel de foco fica travado na objetiva, já que não haverá necessidade de usá-lo.

Quando apertamos o botão de disparo pela metade, é possível ouvir um sinal e visualizar um ponto vermelho na tela. Isto representa o ponto de foco identificado pelo modo automático.

É possível determinar qual área da imagem você quer que seja focalizada por meio dos “Modos de AF”.

O quadro é marcado por pontos que representam partes da imagem que podem ter o foco.

Ao selecionar a área que você deseja, o sensor fará a busca naquela fração do quadro.

Entretanto, problemas com a iluminação e excesso de cores similares prejudicam a varredura do modo automático da câmera.

O uso do modo automático é indicado para fazer fotografias que envolvem movimento e velocidade por conta de sua praticidade.

Dentro do autofoco existem três módulos que exercem diferentes funções sobre sua foto. Entenda!

Autofoco de Disparo Único (AF-S ou One-Shot AF)

O ajuste determina que a imagem seja focalizada quando o botão de disparo é acionado até a metade.

Se o foco não é determinado no local desejado, é só soltar o botão de disparo e acioná-lo até a metade novamente, buscando um novo item principal.

Uma luz de aviso na tela mostra a área que foi focalizada e depois o clique é finalizado quando o botão é acionado até o final.

É um ajuste perfeito para paisagens e objetos que estão imóveis ou fazem movimentos de baixa velocidade.

Autofoco Contínuo (AF-C ou AI Servo AF)

Ao contrário do One Shot, o foco contínuo permanece buscando o ponto de foco enquanto o botão de disparo está pressionado até a metade.

Ele acompanha a variação de distância do objeto enquanto o disparo está semi-acionado, o que o torna ideal para cliques em movimento!

Mesmo que a foto seja em movimento, é indicado que você determine seu ponto principal antes da ação começar, assim é possível registrar as mudanças.

Autofoco Automático ( AF-A ou AI Focus AF)

É o modo que mistura um pouco dos dois anteriores! Este é o ajuste mais comum do foco automático na sua câmera.

Com o propósito de ser a configuração inicial da câmera, o autofoco automático varia de acordo com o movimento.

Ele se prepara automaticamente, tanto se o item principal no momento inicial que se o mesmo está imóvel ou em ação no instante seguinte.

Como Tirar Fotos mais Nítidas e Focadas

foco nitidez na fotografia

Agora que você já entendeu o que é o foco na fotografia e como ele funciona na sua câmera, chegou a hora de aprender a aplicá-lo nas suas fotos!

O papel do foco na fotografia é dar destaque ao que mais importa na imagem, de acordo com a visão do fotógrafo.

Por outro lado, a nitidez é obtida com o conjunto de técnicas aplicadas na sua imagem, principalmente o foco!

Por mais que a nitidez pareça depender apenas do foco, ela está ligada a todos outros fundamentos básicos da fotografia que você já conhece.

Confira 5 dicas essenciais para criar imagens de qualidade e com foco perfeito.

Tripé

Em diversos artigos já te explicamos a importância de um bom tripé no seu kit de equipamentos fotográficos!

Para garantir a estabilidade da sua câmera e capturar a imagem mais nítida possível, é interessante apostar em um tripé simples.

Se a ocasião permite, não pense duas vezes antes de levá-lo. Existem modelos compactos que podem sempre estar na sua bolsa de trabalho.

Lentes Fotográficas

As lentes costumam ser os itens mais caros dentro de um kit de equipamentos fotográficos. Entretanto, investir em lentes de qualidade faz toda a diferença!

Não são todas as lentes que garantem uma nitidez alta ou uma distância focal favorável.

Sendo assim, é importante priorizar materiais de qualidade que possam se tornar ferramentas de apoio, e não obstáculos.

Tempo de exposição

Quando falamos sobre tempo de exposição, sabemos que quanto mais rápido o clique for, mais congelada e nítida a imagem final pode ser.

Entretanto, quando trabalhamos com velocidades de obturador altas precisamos tomar cuidado para não produzir uma imagem escura demais.

Desta forma, é preciso equilibrar a fotometria com a ajuda da sensibilidade ISO e a abertura de diafragma.

Uma velocidade alta exige um diafragma mais aberto ou um valor ISO mais alto para compensar a falta de luminosidade.

Os 3 pilares da fotografia se completam e precisam estar sempre em harmonia na “lei da reciprocidade” para resultar em um clique bem iluminado e nítido.

Abertura

Além de estar ligada à fotometria da imagem e completar as configurações do tempo de exposição, a abertura interfere na profundidade de campo!

Quanto maior a abertura do diafragma, mais ampla se torna a profundidade de campo.

Sendo assim, maior parte da imagem está nítida e o alcance do foco é longo.

Por outro lado, quanto mais estreita a abertura, menor é a profundidade de campo, o que permite o foco capturar apenas itens mais próximos à lente.

Com aberturas menores, o enquadramento é menor. Sendo assim, o ajuste é perfeito para cliques de detalhes que exigem proximidade.

Lembre-se que as configurações da abertura do diafragma interferem na fotometria e precisam estar de acordo com a velocidade do obturador e o ISO.

Iso

Números altos de sensibilidade ISO permitem que mais luz seja capturada pelo sensor, mas também trazem ruídos à imagem.

Os ruídos são pequenos pontos coloridos espalhados pela imagem que interferem na nitidez do clique final e diminuem sua qualidade.

Por isso, é preciso equilibrar os ajustes do ISO com a abertura do diafragma e a velocidade do obturador.

Cada um pode trazer ou tirar um pouco de luz e, quando estão em harmonia, garantem a nitidez da imagem sem a necessidade de edições.

Para fugir dos ruídos, trabalhe com valores mais baixos de ISO e compense a falta de luz com velocidades mais baixas ou aberturas mais amplas.

Conclusão: Como Focar na Fotografia

o que é foco na fotografia

Com toda a certeza, aprender um pouco mais sobre foco abriu seus olhos para um novo mundo de melhores que você pode fazer nos seus cliques!

Além de ser um dos fundamentos básicos da fotografia, o foco também permite que sua criatividade vá além para expressar seu perfil artístico.

O foco na fotografia é composto por diversas técnicas que resultam em cliques diferentes e se encaixam em diferentes modalidades fotográficas.

Leia também:

E você, está pronto para se aventurar e descobrir como o foco na fotografia pode transformar o que você vê através das lentes?

Conte tudo sobre suas experiências nos comentários e não esqueça de avisar se ficou com alguma dúvida. Estamos aqui para ajudar!

Escrito por Equipe Fotografia Mais

Equipe de Fotógrafos, redatores e designers responsáveis por conteúdos exclusivos e de alta qualidade sobre fotografia para o mercado brasileiro.

90 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Quero ser cadastrado na LISTA VIP